sexta-feira, 10 de abril de 2015

Motivo 1

A busca pelo prazer através do uso de substâncias entorpecentes por uma considerável parcela da população é algo que, de modo absolutamente comprovado, até porque salta aos olhos de qualquer observador minimamente atento, pode ser considerado como uma constante antropológica, ou seja, uma característica marcante e inexorável da nossa espécie. Sempre foi assim em todas as civilizações de que se tem notícia, e decerto, ulula, sempre será. Reprimir tal conduta criminalizando-a é tão inútil e incoerente quanto seria o fazer com respeito à procura pelos prazeres do sexo, das artes ou da boa comida. Não importa o que se faça política, legal ou socialmente, o consumo de algo capaz de alterar a percepção psíquica jamais terá fim em nossa sociedade. Ademais, em todas as áreas do que diz respeito ao humano sempre haverá em muitos indivíduos orientações transgressivos, diferentes daquilo que as convenções sociais pregam como normal, e pretender abolir essa natural diversidade comportamental com a sanção de um castigo aos que de algum modo delas divergem é missão que qualquer um com o mínimo de discernimento perceberá como impossível. Como, aliás, tantas vezes já ficou claro em muitos momentos da história humana, e tanto tem sido, vemos, no atual dia a dia, tentar reprimir o irreprimível no mais das vezes o agiganta. 
 
Gugu Keller 

2 comentários:

  1. Olá :)

    Salvo engano, nós vimos hoje, certo?

    Primeiramente, concordo plenamente com a legalização. Segundo, o link para o meu blog atual:

    Technicolor Phase | This is Life in Color
    https://technicolorsb.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ada!
      Obrigadíssimo por tua presença aqui!
      Estive no "Technicolor Phase" e li todos os posts. Mais do que interessantes, são inquietantes e cheios de simbolismos. Por que não põe um aplicativo para aceitar comentários?
      Volte sempre!
      GK

      Excluir