segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Bah, Guria

E, deste barco bárbaro em que te abarco a Baco o bom de bar em bar, em meu barato eu brado o teu que abrasa báratro âmbar me abraçar.
 
Gugu Keller

Nenhum comentário:

Postar um comentário