quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Sonhos Siderais

E eis-nos, nos meus insanos por teu ânus planos plus, anchos ambos nus a anos-luz.

Gugu Keller

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Chape

Quão mais trágica da lástima a causa, mais cáustica na pausa a lágrima.

Gugu Keller

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

domingo, 27 de novembro de 2016

Sailing

E, com no mastro o dos teus lábios marco, que alto em arco me alça grato aos astros, és-me em transátrio astrolábio e lastro, teu osso sacro em segregado garbo, suando sal eu a sangrar sagrado, meu neste ao sol no mar do amar-te barco.

Gugu Keller

sábado, 26 de novembro de 2016

Tempo ao Tempo

Tentar não pensar é pensar mais. Do que quer que seja, só se esquece se espontaneamente.

Gugu Keller

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Ministros

É impressionante como no Brasil as autoridades amiúde protagonizam situações que a elas próprias retratam com tamanha precisão que nada a respeito há a se acrescentar.
 
Gugu Keller

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Nós Nus

Só nós nus sempre a sós neste nó
Nua nau em que não nós ninguém
Nossas mãos, mar e amor, sal e sol
Só a sós nus por nós mar além

Gugu Keller

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

terça-feira, 22 de novembro de 2016

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

domingo, 20 de novembro de 2016

O Ser

Tentamos todos o tempo todo um tudo cada que negue o nosso tão tolo e tosco inato nada.

Gugu Keller

sábado, 19 de novembro de 2016

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Deep Steps

Eu quero, paquero
Plenitude e paraíso
Da porra ao parto
Da proa ao porto
Do pranto ao poço
Do passo ao piso

Gugu Keller

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Storm

A vida é uma lágrima na chuva. Um "eu te amo" que se lê nos lábios, a voz encoberta pelo som do trovão.
 
Gugu Keller

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Movimentos Estudantis

Tão triste quanto uma imprensa censurada é a pretensamente livre que mantém-se calada.

Gugu Keller

terça-feira, 15 de novembro de 2016

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Paradoxo Brasil

Sobretudo por ninguém falar sobre isso, não é interessante, e extremamente ilustrativo do que somos, o fato de tanto se reclamar da impunidade que paira diante de tantos e tantos crimes bárbaros cometidos país afora, seja por razões legais, seja por razões estruturais, ao mesmo tempo em que, tristemente notório é, a quase totalidade de nossas prisões estão sempre de modo assustador assoladas por uma superpopulação carcerária?
 
Gugu Keller

domingo, 13 de novembro de 2016

Tese

A para nós tão inconcebível quanto inaceitável maldade por detrás dos cada vez mais bárbaros crimes que pululam dia após dia nos noticiários explica-se, em termos de psicologia social, por ser afinal a violência a única maneira que o excluído encontra de sabotar o mundo próspero a que não tem acesso, e, assim, ainda que como objeto de ódio e repulsa, sentir-se a de algum modo nele interferir ou dele fazer parte.
 
Gugu Keller

sábado, 12 de novembro de 2016

Em Vão

A ti me trago e em estrago entrego qual quem desnuda-se para um cego.

Gugu Keller

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Levará Séculos

A única chance de salvação para humanidade seria a percepção coletiva de que ganância é burrice.

Gugu Keller

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Entre Aspas

A tão na moda expressão "esquerdopata" ilustra com perfeição a "democracia" em que vivemos.

Gugu Keller.

terça-feira, 8 de novembro de 2016

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Rio 2016

Quando está que o estado, no do patrão grato agrado, desregrado esbanja, o incidadanizado, avo escravo velado, pseudoalguém rês no gado, é sem pão quem se arranja.

Gugu Keller

domingo, 6 de novembro de 2016

sábado, 5 de novembro de 2016

Mistério Maior

Nada, vide o caso da religião, instiga mais do que a morte a imaginação.

Gugu Keller

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Back

Reencontrar-te, num dum reparte desarme, foi, destro destarte, reencontrar-me.

Gugu Keller

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Confessionário às Avessas

O ser humano é em regra o oposto do que se afirma quando inebriado pela hipocrisia da religião.

Gugu Keller

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Evoluir

Nada é para o ser humano mais aprazível do que possibilitar-se o até então impossível.

Gugu Keller

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Ana Júlia

- Aqui ninguém pode agredir o parlamentar! Portanto, senhorita, sem essa de dizer tantas verdades, ou eu exerço a minha autoridade de presidente e mando cortar o som e esvaziar o plenário imediatamente! Entendido?
 
Gugu Keller