quarta-feira, 16 de agosto de 2017

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Repensando

É claro que o esporte é uma coisa maravilhosa cuja prática, ou mesmo o simples fato de o acompanharmos como entusiastas, proporcionam-nos valiosos benefícios. Contudo, observando um pouco mais detidamente este tão cruel e injusto mundo em que vivemos, fico a me perguntar... Será afinal de fato algo sadio aquele velho lema olímpico segundo o qual "o importante é competir"?
 
Gugu Keller

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Metas

Queridos amigos... Acabo de ter uma idéia que a todos nos permitirá atingir todas as metas que temos na vida! Sim, isso mesmo! E é simples... Basta que, ao estipularmos e passarmos a perseguir nossas metas, façamos como o governo brasileiro faz com relação às suas referentes a gastos públicos, arrecadação, inflação etc, ou seja, conforme o tempo vai passando e ele percebe que não as pode alcançar, ele as muda, de modo que, quando se chega ao fim do prazo estipulado para cada meta, ela sempre estará cumprida, já que foi sistematicamente revista e adequada à realidade, que, como bem sabemos, quase sempre está muito distante do que se pretendia...! Não é maravilhoso?
 
Gugu Keller

domingo, 13 de agosto de 2017

Imposto - Vídeo

Amigos... Postei há algumas horas no Facebook um vídeo cantando minha canção "Imposto", que, mesmo tendo sido escrita há anos, parece, pelo noticiário dos últimos dias, estar mais atual do que nunca. Agradeço a todos que assistirem, curtirem, comentarem (inclusive com eventuais críticas) e me ajudarem a divulgar. Abaixo, a letra...
 
IMPOSTO
 
Dinheiro não há para a saúde
As filas contornam quarteirões
Enquanto banqueiros amiúde
Recebem ajuda de milhões
Estradas repletas de buracos
Barracos na boca do lixão
Discurso voltado para os fracos
E atos notoriamente não
 
Mas você tem que pagar, você tem que pagar imposto
Você tem que pagar, você tem que pagar imposto
Estado de direito, um suicídio em agosto
A bala no seu peito, você tem que pagar imposto
 
Dinheiro não há para a cultura
Carteiras quebradas pelo chão
País do futuro porventura
Pequenos pedaços de ilusão
Em lagos perenes de Brasília
Flutuam veleiro e jet ski
A prioridade é a família
IR, IOF e IPI
 
Você tem que pagar, você tem que pagar imposto
Não dá para escapar, embutido em tudo há imposto
A UTI sem leito e a merenda escolar sem gosto
Projeto do prefeito e você tem que pagar imposto
 
Maletas, malotes e mesadas
Alíquota, cota, cotação
Pedágios, pedalinhos, pedaladas
A lebre, o lobo e o leão
 
Dinheiro não há para a segurança
Polícia roubando para comer
Jeton garantindo a pajelança
E o índio queimando até morrer
O imposto sustenta o estado
A contrapartida é para você
Se o barco há muito está furado
Afunda no jogo do poder
 
E você tem que pagar, você tem que pagar imposto
Você tem que pagar, pagar com o suor do rosto
E se ninguém nunca dá jeito neste nosso tamanho desgosto
Você tem que pagar, você tem que pagar imposto
 
Gugu Keller

quarta-feira, 9 de agosto de 2017