sábado, 31 de dezembro de 2016

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Espancamento

Esta vil convivência que ao vário viola se em a vir violência calvário convola.

Gugu Keller

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Reviravolta

Decidir me suicidar trouxe-me tamanho alívio que, ato contínuo, o suicídio perdeu o sentido.

Gugu Keller

domingo, 25 de dezembro de 2016

sábado, 24 de dezembro de 2016

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Apelo às Autoridades

Já que a verdade seria decerto pedir demais, que tal ao menos mentiras minimamente críveis?

Gugu Keller

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

See Me

A cada sorriso se lança em vão uma nova esperança de não solidão.

Gugu Keller

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

domingo, 18 de dezembro de 2016

Prazer

Quem dera eu enfim alguém encontrasse que o estranho em mim me apresentasse.

Gugu Keller

sábado, 17 de dezembro de 2016

Orto

Quando sob o lençol a dois a noite é terçã, independe do sol vir depois a manhã.

Gugu Keller

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Angel Bort 24 (Paixão Gauchesca)

Por um triz tri-triste, auguro autoalgoz antigozo gorar-me a guria, e, em meus rotos giros ritos, o rosto errante rente em riste, aos gritos encravo escravo a escrever agonia, e ainda a prenda me prende poesia, e ainda eu a quero perdido o querer que me guia, querida querência que eu quente querente queria. Quereria. E, dia a dia a dia, ainda eu cria e tudo se adia. Um dia... Mas já mais uma noite lá ia. Fria. Matear milonga meridional melodia. Ela é de Santa Maria.
 
Gugu Keller

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Profundo

Nossos maiores segredos inacessamos nós mesmos, exceto pelas pistas que nos eis nos tantos medos.
 
Gugu Keller

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Termais

A este ensejo desejo gêiser que nos estoca, espoca e espanca, eis que na fenda a fundo em phaser o nosso gozo gaze estanca.

Gugu Keller

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

sábado, 10 de dezembro de 2016

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Definição

Ser político entre nós consiste em, sempre e tanto quanto possível, dispor do que é público em benefício próprio, fazendo, sempre e tanto quanto possível, sobretudo através do covarde artifício da mentira, parecer exatamente o contrário.
 
Gugu Keller

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Século XXI

Temos tão doentios valores e vidas, que bem mais sadios são os suicidas.

Gugu Keller

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Espelho Turvo

A religião é o principal artifício através do qual o ser humano, principalmente para si próprio, finge não ser egoísta, ganancioso e, sobretudo, covardemente conivente com a holocáustica barbárie que por toda parte o cerca.

Gugu Keller

domingo, 4 de dezembro de 2016

Covardia

Defender a meritocracia num país onde a educação é tão flagrantemente elitizada é qual crer justo um torneio de esgrima em que muitos têm gravetos como espada.
 
Gugu Keller

sábado, 3 de dezembro de 2016

Jar by the Door

A maioria dos com quem nos cremos em comunhão comum e acintosamente nos acentua a solidão.

Gugu Keller

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Esquerda X Direita

Se os detentores do poder tivessem o bem estar coletivo como verdadeiro objetivo, qualquer sistema político daria certo sem maiores dificuldades.

Gugu Keller

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Sonhos Siderais

E eis-nos, nos meus insanos por teu ânus planos plus, anchos ambos nus a anos-luz.

Gugu Keller

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Chape

Quão mais trágica da lástima a causa, mais cáustica na pausa a lágrima.

Gugu Keller

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

domingo, 27 de novembro de 2016

Sailing

E, com no mastro o dos teus lábios marco, que alto em arco me alça grato aos astros, és-me em transátrio astrolábio e lastro, teu osso sacro em segregado garbo, suando sal eu a sangrar sagrado, meu neste ao sol no mar do amar-te barco.

Gugu Keller

sábado, 26 de novembro de 2016

Tempo ao Tempo

Tentar não pensar é pensar mais. Do que quer que seja, só se esquece se espontaneamente.

Gugu Keller

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Ministros

É impressionante como no Brasil as autoridades amiúde protagonizam situações que a elas próprias retratam com tamanha precisão que nada a respeito há a se acrescentar.
 
Gugu Keller

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Nós Nus

Só nós nus sempre a sós neste nó
Nua nau em que não nós ninguém
Nossas mãos, mar e amor, sal e sol
Só a sós nus por nós mar além

Gugu Keller

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

terça-feira, 22 de novembro de 2016

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

domingo, 20 de novembro de 2016

O Ser

Tentamos todos o tempo todo um tudo cada que negue o nosso tão tolo e tosco inato nada.

Gugu Keller

sábado, 19 de novembro de 2016

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Deep Steps

Eu quero, paquero
Plenitude e paraíso
Da porra ao parto
Da proa ao porto
Do pranto ao poço
Do passo ao piso

Gugu Keller

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Storm

A vida é uma lágrima na chuva. Um "eu te amo" que se lê nos lábios, a voz encoberta pelo som do trovão.
 
Gugu Keller

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Movimentos Estudantis

Tão triste quanto uma imprensa censurada é a pretensamente livre que mantém-se calada.

Gugu Keller

terça-feira, 15 de novembro de 2016

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Paradoxo Brasil

Sobretudo por ninguém falar sobre isso, não é interessante, e extremamente ilustrativo do que somos, o fato de tanto se reclamar da impunidade que paira diante de tantos e tantos crimes bárbaros cometidos país afora, seja por razões legais, seja por razões estruturais, ao mesmo tempo em que, tristemente notório é, a quase totalidade de nossas prisões estão sempre de modo assustador assoladas por uma superpopulação carcerária?
 
Gugu Keller

domingo, 13 de novembro de 2016

Tese

A para nós tão inconcebível quanto inaceitável maldade por detrás dos cada vez mais bárbaros crimes que pululam dia após dia nos noticiários explica-se, em termos de psicologia social, por ser afinal a violência a única maneira que o excluído encontra de sabotar o mundo próspero a que não tem acesso, e, assim, ainda que como objeto de ódio e repulsa, sentir-se a de algum modo nele interferir ou dele fazer parte.
 
Gugu Keller

sábado, 12 de novembro de 2016

Em Vão

A ti me trago e em estrago entrego qual quem desnuda-se para um cego.

Gugu Keller

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Levará Séculos

A única chance de salvação para humanidade seria a percepção coletiva de que ganância é burrice.

Gugu Keller

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Entre Aspas

A tão na moda expressão "esquerdopata" ilustra com perfeição a "democracia" em que vivemos.

Gugu Keller.

terça-feira, 8 de novembro de 2016

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Rio 2016

Quando está que o estado, no do patrão grato agrado, desregrado esbanja, o incidadanizado, avo escravo velado, pseudoalguém rês no gado, é sem pão quem se arranja.

Gugu Keller

domingo, 6 de novembro de 2016

sábado, 5 de novembro de 2016

Mistério Maior

Nada, vide o caso da religião, instiga mais do que a morte a imaginação.

Gugu Keller

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Back

Reencontrar-te, num dum reparte desarme, foi, destro destarte, reencontrar-me.

Gugu Keller

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Confessionário às Avessas

O ser humano é em regra o oposto do que se afirma quando inebriado pela hipocrisia da religião.

Gugu Keller

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Evoluir

Nada é para o ser humano mais aprazível do que possibilitar-se o até então impossível.

Gugu Keller

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Ana Júlia

- Aqui ninguém pode agredir o parlamentar! Portanto, senhorita, sem essa de dizer tantas verdades, ou eu exerço a minha autoridade de presidente e mando cortar o som e esvaziar o plenário imediatamente! Entendido?
 
Gugu Keller

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

domingo, 30 de outubro de 2016

Ocupações

O povo que unido jamais será vencido é sempre vencido por jamais estar unido.

Gugu Keller

sábado, 29 de outubro de 2016

Profilaxia Profícua

Dificilmente, o culto ao lucro o explica, surgirá a cura de doenças que, de modo custoso para o paciente, podem ser controladas vida afora.
 
Gugu Keller

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Liturgia

Pela arte à pele apelo a deus ater-se e atar-me ao ato ateu de aos pés da paz do altar do amar eu o ter a atear-me aos pêlos teus.

Gugu Keller

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Insular

A morte é o mar, a vida é a ilha
O amor, ilha adentro a trilha
Armadilha que trisca e que atiça
Força fatal, faísca fronteiriça
E é o passo, e é o poço, é a poça na pista
Tênue teia, tortura, treliça
É o ar
E é areia movediça

Gugu Keller

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Toda Forma de Poder 2

Imputar o fascismo a quem não lhe diz amém é da boca de um fascista só o que vem.

Gugu Keller

domingo, 23 de outubro de 2016

sábado, 22 de outubro de 2016

Manhoso

... me embica nos bicos ... ... ... ... ... ..
... ... me baba na barba ... ... ... ... ... ...
... ... ... me embosca na boca ... ... ... ..
... ... ... ... me emplaca na em papa ... .

Gugu Keller

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Autoacolhimento

Só tem chance de sanidade quem ao menos para si próprio assume seus desejos socialmente impraticáveis.
 
Gugu Keller

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

II

Tenho aqui uma sugestão para os nossos ilustres governantes... Já que o país está precisando tanto aumentar suas receitas e que, por outro lado, vivemos um momento em que não pegaria nada bem aumentar alíquotas tributárias, somando-se ao fato de que, a menos que se o faça em relação a atos vitais como respirar, tossir, falar ou dormir, não há praticamente mais o que se tributar entre nós, a criatividade dos que legislam nesse sentido sempre alcançou o máximo do imaginável, que tal criar-se o II, o Imposto sobre o Imposto? Sim. Seria um imposto cobrado sobre o ato de se pagar imposto. Em outras palavras, usando um termo mais técnico, mais jurídico, o próprio pagamento de impostos, quaisquer deles, seria o fato gerador deste novo imposto. Assim, todo mundo que paga imposto, ou seja, todo mundo, teria que pagar também esse novo imposto, que seria cobrado sobre o ato do pagamento do primeiro imposto, qualquer imposto. Se pagou imposto, deve imposto. Não seria interessante? Vá lá que poderia surgir alguma confusão no sentido de se definir se o II incidiria também sobre o pagamento dele próprio, II, o que, de fácil conclusão é, geraria um efeito cascata que jamais teria fim, o que, por óbvio, por outro lado, seria, também, não se discute, de extremo interesse do país, que se tornaria, assim, como, aliás, bem sabemos, é afinal da sua natureza, um credor tributário a que jamais se poderia satisfazer, pois sempre haveria o II do II do II do II do II..., o que, igualmente bem sabemos, reverteria de pronto em investimentos em todas as áreas de que a população necessita, como, do mesmo modo, é da natureza do nosso estado sem demora efetivar, além de, é claro, tirar-nos rapidamente desta crise terrível em que nos encontramos. A única coisa que escaparia ao II, é de por fim se registrar, seria a sonegação de impostos, já que, como ao se sonegar impostos impostos não se paga, não se daria, assim, lógico é, o fato gerador. Mas este é um pequeno detalhe que pouco importa. Estou certo de que o II, Imposto sobre o Imposto, além de garantir auspiciosas receitas para o Brasil, seria um tributo com a sua cara, não acham? Um imposto genuinamente brasileiro, notícia não tenho de que haja em outro lugar, e, acima de tudo, com a cara do Brasil!
 
Gugu Keller     

domingo, 16 de outubro de 2016

The One

O a quem do querer é só projeção do "autocadê?" de um num nó coração.

Gugu Keller

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Body Explorers

A entretermo-nos entramo-nos em tal extremo que, por mais que extênua, estreita ou tênue, ou mesmo em trama de extremada gama, nenhuma entranha, nenhuma entrância, nenhuma trilha, trinca ou trança nos é em qualquer traço estranha.

Gugu Keller

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

O Preço do Medo

Nada paga inteiro o resgate de quem num corpo-cativeiro é auto-refém.

Gugu Keller

terça-feira, 11 de outubro de 2016

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Bah, Guria

E, deste barco bárbaro em que te abarco a Baco o bom de bar em bar, em meu barato eu brado o teu que abrasa báratro âmbar me abraçar.
 
Gugu Keller

domingo, 9 de outubro de 2016

"V"

À esfrega em que à íntima prega me pregas apego-me e prego-me em íntegra entrega.

Gugu Keller

sábado, 8 de outubro de 2016

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Cradle > Grave

Viver é um expresso e estrepto escaldar na escalada de um escasso e epitáfico excesso de nada.

Gugu Keller

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

terça-feira, 4 de outubro de 2016

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

domingo, 2 de outubro de 2016

Prescrição Próxima

Não houve massacre, mas legítima defesa. Tampouco, assim, impunidade, mas a mais lídima justiça com clareza.

Gugu Keller

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

111

O escárnio desse estado escroque nos na cara qual escarro escorre.

Gugu Keller

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Melhor

Para quem do viver faz um sempre aprender, eis ao antes o após um constante ascender.

Gugu Keller

terça-feira, 27 de setembro de 2016

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

domingo, 25 de setembro de 2016

sábado, 24 de setembro de 2016

... _ _ _ ...

Ser humano é o ópio do cruzar clandestino um escuro oceano no próprio submarino.

Gugu Keller

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Diversidade Religiosa

Além de o mais eficiente, deus é o mais versátil instrumento de manipulação.

Gugu Keller

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Panorama

Tão  gritante  quanto  gigante,  o  engodo  já  nem  se  comede.  Ao  contrário,  avante  eis  jactante  a  dar-se  adrede.
 
Gugu Keller

terça-feira, 20 de setembro de 2016

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

domingo, 18 de setembro de 2016

sábado, 17 de setembro de 2016

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Não Sei Mas Odeio

O comunismo, tendo a crer, é, mais do que qualquer outro, um sistema político fanaticamente abominado por uma gigantesca quantidade de pessoas que claramente não fazem a mínima idéia do que seja a sua essência.

Gugu Keller

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Lama

E, neste retro reto ritual, em que tomara o totem total, denso mar, doce amar, dorso altar, eis-nos darmo-nos dádiva ao mal.
 
Gugu Keller

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

domingo, 11 de setembro de 2016

Quaquá

Dor cobaia nua sob o teu spot, eis ordália tua meu querer-te a lot.

Gugu Keller

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Ansioprocrastinação

A me esconder em meu escuro ex-cura, de doer em surto me esconjuro em juras.

Gugu Keller

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Ramblas

Nesta vida escada-curso de percursos no percalço, a cada passo, a cada pulso, um cadafalso.

Gugu Keller

terça-feira, 6 de setembro de 2016

Simples Assim

Combata apenas as conseqüências e o problema certamente se agravará.

Gugu Keller

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Esquizofrenia no Ar

Haverá algum dia uma telenovela em que os personagens não falem sozinhos como malucos?

Gugu Keller

domingo, 4 de setembro de 2016

Ar

Abrir o coração para o ser amado, principalmente quando após muita ansiedade e hesitação, é como, após vários minutos submerso, voltar à tona e inspirar profundamente.
 
Gugu Keller

sábado, 3 de setembro de 2016

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Democracia

Um golpe é mais covarde e bem urdido se de a salvar o seu em quem vem travestido.

Gugu Keller

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

God For Sale

Enquanto se faz crer que a fé move a montanha, na venda do em quê uma de milhões se ganha.

Gugu Keller

domingo, 28 de agosto de 2016

- ?

Durante a partida de futebol que na tv eu assistia hoje vi a propaganda de um produto cujo slogan o dizia "protetor solar para corpo & rosto". Achei interessante. Então o rosto não faz parte do corpo???
 
Gugu Keller

sábado, 27 de agosto de 2016

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

terça-feira, 23 de agosto de 2016

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Dos V.V.

Recadinho dos Vigilantes do Vernáculo para os organizadores da cerimônia de encerramento das Olimpíadas Rio/2016... "Saudades", no plural, está errado. O correto é sempre no singular, "saudade".
 
Gugu Keller

sábado, 20 de agosto de 2016

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

I Miss You

Neste esgueirar-me pela garoa sem a guria, um à tôa me gora agora afora a de outrora alegria.

Gugu Keller

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Vox Boomerang

Todos sempre temos muito daquilo que nos outros mais tendemos a criticar.

Gugu Keller

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Prisão

Se, ainda que pouco, as opiniões alheias influenciam nas suas atitudes, mesmo que pense ou diga o contrário, você não é livre.
 
Gugu Keller

sábado, 13 de agosto de 2016

Alternadas?

Foi demais a vitória da seleção brasileira de futebol feminino contra a Austrália, na quarta-de-final dos olimpíadas, na disputa de pênaltis, após um jogo emocionante no tempo normal e na prorrogação! Contudo, pela enésima vez, ouvi os locutores esportivos utilizarem uma expressão que definitivamente não consigo entender... É que, quando a disputa de pênaltis termina empatada após as cinco cobranças para cada lado, como foi o caso de ontem, temos um pênalti extra para cada lado, até que haja um desempate. Ontem, por exemplo, cada seleção bateu oito pênaltis. Estranhamente, todavia, quando se chega às cobranças extras, os locutores dizem que "vamos para as alternadas"...! Alternadas??? Ué! Mas as cinco primeiras já não são alternadas??? Ou será que uma equipe bate os cinco pênaltis para, só após, a outra começar a sua série??? Não entendo...
 
Gugu Keller

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

terça-feira, 9 de agosto de 2016

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

domingo, 7 de agosto de 2016

sábado, 6 de agosto de 2016

Coerência

Então deixe-me ver se entendi... A seleção olímpica de futebol masculino do Brasil tinha dois goleiros, um considerado titular e o outro reserva. Aí, o titular é cortado em razão de uma contusão e é chamado um terceiro. Então, o que acontece? Quem joga é este terceiro! O que já era reserva antes continua sendo o reserva! Não tem alguma coisa de errado nisso, ou será que eu é que estou ficando maluco?!? Bem... A segunda opção deve ser a mais provável, já que não vi ninguém falar nada na imprensa a respeito disso que, para a minha cansada mente, soa como, além de uma incoerência que beira o patético, um completo desrespeito com o segundo goleiro, aquele que já era o reserva antes do corte do titular, que, aliás, nem sei como, diante de tamanho desrespeito, não pegou seu boné e se mandou...! Dá pra entender?!?
 
Gugu Keller 

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Lírio Coral 19

De viver a vontade urge matar. De não morrer, só no agora vida afora sempre estar.

Gugu Keller

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Eu Em Letras

Talvez não escritor de verdade, mas em vão excretor da verdade, cravo em dor meu ardor sub-arte, meu me expor de ex-covarde em combate.
 
Gugu Keller

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Leitura

Uma imagem que, creio, muito bem ilustraria o atual momento da política brasileira seria a de uma desastrada guerra de pedradas em que todos os participantes tivessem telhados de vidro.
 
Gugu Keller

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

domingo, 31 de julho de 2016

quinta-feira, 28 de julho de 2016

"A Banheira" no Teatro Eva Wilma

De novo com extrema alegria, comunico aos amigos que minha comédia "A Banheira" reestréia amanhã, dia 29, aqui em São Paulo, agora no Teatro Eva Wilma. No elenco, Aílton Guedes, Rodrigo Nascimento, Carol Hubner, Carolina Stofella e Fausto Franco. Convidamos todos os que amam  teatro a vir nos prestigiar.
 
Gugu Keller

quarta-feira, 27 de julho de 2016

terça-feira, 26 de julho de 2016

Moto-contínuo

Em cada espelho a cada dia uma feição
Da em cada um de solitários multidão

Gugu Keller

segunda-feira, 25 de julho de 2016

domingo, 24 de julho de 2016

BR 392

Por teu ventre que no inverno tanto inverte-me o vórtice, eu ao vento versos verto vertical em vã voz forte.
 
Gugu Keller

sábado, 23 de julho de 2016

sexta-feira, 22 de julho de 2016

quinta-feira, 21 de julho de 2016

quarta-feira, 20 de julho de 2016

terça-feira, 19 de julho de 2016

segunda-feira, 18 de julho de 2016

A Revolta das Marionetes

Os que apesar de tudo se crêem livres são em regra os sobre quem o controle é total.

Gugu Keller

domingo, 17 de julho de 2016

Seios

O os teres nus desfaz-me os nós quando aos teus pés na paz do após.

Gugu Keller

sábado, 16 de julho de 2016

sexta-feira, 15 de julho de 2016

Sem Ela

Meio que me mentindo, meio que me matando, vou meio que me mantendo.

Gugu Keller

sexta-feira, 8 de julho de 2016

quinta-feira, 7 de julho de 2016

terça-feira, 5 de julho de 2016

segunda-feira, 4 de julho de 2016

sexta-feira, 1 de julho de 2016

Silent Shout

Momentos depressivos nos trazem uma gigantesca necessidade de desabafar sem a rigor haver a respeito de quê.
 
Gugu Keller

quinta-feira, 30 de junho de 2016

terça-feira, 28 de junho de 2016

domingo, 26 de junho de 2016

quinta-feira, 23 de junho de 2016

domingo, 19 de junho de 2016

Momento

Na gruta em rito, ereto e hirto
O grelo grita grato o grito
Qual na mucosa rosa goza

Gugu Keller

sexta-feira, 17 de junho de 2016

If

Não é a do que foi, mas a do que poderia ter sido, a saudade cujo vazio é mais doído.

Gugu Keller

quarta-feira, 15 de junho de 2016

terça-feira, 14 de junho de 2016

Distância

Eu o digo sem palavras
Ela entende o meu silêncio
Eu revelo no escuro
Ela enxerga sem os olhos
Eu o grito amordaçado
Ela escuta a melodia
Eu tão longe, tão distante
Ela aqui, bem ao meu lado

Gugu Keller

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Well

Às vezes me sinto caído no fundo do poço. Às vezes, caindo num poço sem fundo.

Gugu Keller

sábado, 11 de junho de 2016

sexta-feira, 10 de junho de 2016

terça-feira, 7 de junho de 2016

Pastelão

Do jeito que as coisas vão neste país, qualquer dia ligaremos no telejornal e daremos com uma animada batalha de tortas na cara.
 
Gugu Keller

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Quadros

Para quem pinta ser céu ou chão é só uma de tinta e pincel questão.

Gugu Keller

quarta-feira, 1 de junho de 2016

terça-feira, 31 de maio de 2016

sexta-feira, 27 de maio de 2016

sexta-feira, 20 de maio de 2016

quarta-feira, 18 de maio de 2016

terça-feira, 17 de maio de 2016

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Assim Somos

O tempo que desperdiçamos é em regra muito maior do que o que lamentamos não ter.

Gugu Keller

sábado, 14 de maio de 2016

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Notícia Extra

BRASÍLIA URGENTE - Comissão de parlamentares do PSDB e do DEM analisa vídeo com lance de partida de futebol em que jogador leva adversário a nocaute com uma violenta cotovelada no rosto e, unanimemente, conclui: Não foi golpe.
 
Gugu Keller

quarta-feira, 11 de maio de 2016

51

CRONOLOGIA...

Enquanto o tolo o desafia, o sábio ao tempo se alia.

Gugu Keller

terça-feira, 10 de maio de 2016

domingo, 8 de maio de 2016

(Vi)Vendo

A vida é uma mistura em plasma de mantanha-russa com trem-fantasma.

Gugu Keller

sexta-feira, 6 de maio de 2016

quinta-feira, 5 de maio de 2016

"A Banheira" no Teatro Augusta

Uma vez mais com extrema alegria, comunico aos amigos que minha comédia "A Banheira" reestréia amanhã, dia 6, aqui em São Paulo, agora no Teatro Augusta. No elenco, Aílton Guedes, Rodrigo Nascimento, Renata Bruel, Carol Hubner e Fausto Franco. Convidamos todos os que amam o teatro a vir nos prestigiar.

Gugu Keller

terça-feira, 3 de maio de 2016

sábado, 30 de abril de 2016

quarta-feira, 27 de abril de 2016

terça-feira, 26 de abril de 2016

Atualíssima

Assistindo há pouco no telejornal uma matéria sobre a terrível situação dos servidores públicos aposentados no estado do Rio de Janeiro, sem receber seus vencimentos desde março e, em muitos casos, já afundados em cheque especial, cartão de crédito etc, sem condições de fazer frente às suas despesas de primeira necessidade, como as referentes a remédios, alimentação ou aluguel, veio-me à mente de imediato, além de uma profunda indignação pelo sofrimento dessas pessoas, os versos que Renato Russo escreveu há 23 anos... "... e esquecer da nossa gente que trabalhou honestamente a vida inteira e agora não tem mais direito a nada." Continua nos descrevendo com extrema PERFEIÇÃO, não?
 
Gugu Keller

segunda-feira, 25 de abril de 2016

domingo, 24 de abril de 2016

sábado, 23 de abril de 2016

Olhar Fissura

Eu quero a eletrocussão subcutânea na expressão espectroinsana da tua ereção clitoriana.

Gugu Keller

quinta-feira, 21 de abril de 2016

terça-feira, 19 de abril de 2016

domingo, 17 de abril de 2016

sábado, 16 de abril de 2016

sexta-feira, 15 de abril de 2016

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Instinto

Não tenho medo de morrer, mas de escrever o que hei de não mais poder.

Gugu Keller

terça-feira, 12 de abril de 2016

Inversão

A omissão coletiva torna normal o absurdo. A solidão do indignado, loucura o bom senso.

Gugu Keller

domingo, 10 de abril de 2016

Sparring

Meu coração é um saco de areia onde, com golpes certeiros dos olhos dela, o amor exercita seus fortes punhos.
 
Gugu Keller

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Manifestações 2016

Tudo se resume
A uma briga de torcidas
E a gente ali no meio
No meio das bandeiras
O jogo não importa
Ninguém tá assistindo
E a gente ali no meio
No meio da cegueira
Tudo se reduz
A um campo de batalha
E a gente ali no meio

Tudo se resume
À disputa entre partidos
Lama na imprensa
Sangue nas bandeiras
A verdade passa ao largo
Como se não existisse
E a gente ali no meio
Como se não existisse...

Humberto Gessinger (da canção "Vícios de Linguagem", do álbum dos Engenheiros do Hawaii "Simples de Coração", de 1995)