sexta-feira, 11 de abril de 2014

Solidariedade

No humano de mão-cheia também dói a dor alheia.

Gugu Keller

Um comentário:

  1. É um gesto terno e sensível, quando alguém se compadece da dor do outro, mesmo que ele não possa fazer nada, mas uma simples palavra e se fazer presente já é tudo.

    ResponderExcluir