terça-feira, 24 de março de 2015

Quimera

Quem dera o quem dela eu.

Gugu Keller

3 comentários:

  1. quem dera, caro poeta, quem dera...
    Beijos rimados pra você :*

    ResponderExcluir
  2. Gugu, lindo post... Sonhos sonhados soltos... Envoltos de desejos... Bj.

    ResponderExcluir