terça-feira, 22 de junho de 2010

Tautológico Paradoxo da Finitude

Nascer é uma sentença de morte. Morrer é enfim dela estar livre.

Gugu Keller

Um comentário:

  1. Risos!...
    Que título é este? Vou procurar meu velho amigo dicionário, depois, volto!

    ResponderExcluir