quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Uva & Vinho

Grande parte das experiências da vida só adquirem sentido quando há muito já são passado.

Gugu Keller

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

domingo, 28 de agosto de 2011

Words & Relief

Minha vida se resume em escrever. De resto, apenas busco alívio.

Gugu Keller

Primavera Árabe

Com a queda de Gaddafi, todos parecem ficar pasmos conforme vão sendo contados detalhes sombrios de sua tirania insana. Mas não falta dizer que, absolutamente, ele não há de ter feito sozinho nada daquilo?

Gugu Keller

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Afrontando a Caretice

Tomara eu tivesse uma namorada com um pai bem careta, quadrado e conservador, evangélico talvez, que, num tom grave e ameaçador me perguntasse quais as minhas intenções para com sua filha... Eu lhe olharia bem nos olhos e diria solene... Sexo anal!

Gugu Keller

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Adolescência

Como fase em que começamos a adquirir maturidade, a adolescência é quando vamos aos poucos percebendo que tudo o que na infância ouvimos falar sobre fraternidade, amor ao próximo, cooperação entre os povos, seriedade institucional, valorização da honestidade, vitória do bem sobre o mal etc, é uma grande mentira, ao passo que o que escutamos sobre violência, fome, indiferença, guerras, tortura, indigência, injustiça e tudo mais, isso sim, é clara, absoluta e gigantescamente verdadeiro.

Gugu Keller

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Voz Sem Som

As vantagens do escrito sobre o dito são a permanência e, sobretudo, o silêncio.

Gugu Keller

domingo, 21 de agosto de 2011

Estado Democrático de Direito

Como pode um estado nos pretender impor a lei quando ele próprio, clara, notória e continuamente, é o primeiro que a descumpre? Eis a perplexidade! Eis a aberração!

Gugu Keller

sábado, 20 de agosto de 2011

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Escrevi P/ Ela

Eu te olho e te vejo ser tão linda
E criança eu ainda sou por ti
Eu escuto a tua voz tão melodia
E o meu dia há de sempre ser aqui
Eu por fora me visto de sorriso
E por dentro eu queimo de emoção
E me sinto com tudo o que preciso
E me agarro inteiro à tua mão

Eu te olho e me prendo em teu olhar
Tu és tudo e já nada resta meu
Eu te vejo tão bela passear
Nos meus sonhos a cada anoitecer
Eis aqui meu viver de só ser teu
Pelo breu eu caminho a me perder
E, no brilho dos teus olhos, posso ver
A luz de um novo sol que assim nasceu

Se a manhã for gelada, tu és fogo
E, se for madrugada, és luar
Sem te ver, minha vida é um jogo
E, te vendo, um passeio pelo céu
Por teu mel sou um urso a vaguear
A andar, a correr, estar ao léu
Princesa envolvida em lindo véu
Me deixe nos teus ombros descansar

O sol forte entre as nuvens a brilhar
Se confunde ao teu doce esplendor
Tua presença satura de amor
Alma pura em luz a me esquentar
Faz-se festa no mundo com o teu sim
E uma lágrima por tua atenção
Se eu nada tiver, te dou a mão
E, se só o coração, o tens de mim

E, se a noite ainda sempre chega fria
Nunca esfria o meu tanto te querer
Verte quente o meu pranto à ventania
Mas vigia este canto, o teu poder
E eu espero o sol mais uma vez
A trazer-te com ele de manhã
Mais um dia azul como teu fã
Para sentir de novo a tua tez

Hoje eu vivo apenas de te olhar
Te tocar e me encher de emoção
Já não há dia mais sem tua visão
Nem qualquer outra ação sem te abraçar
O teu abraço é para mim o pão
E tua presença, o meu respirar
Não vou mais largar a tua mão
Vou ser sempre um truão a te amar

Gugu Keller

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Amor Distante

A cada dia ela se manifesta numa diferente mudez, e vem a mim como uma diferente ausência. E eu, mais e mais apaixonado, ouço dela a cada dia um diferente silêncio, e me sinto, mais e mais, a cada dia, afundando num diferente vazio.

Gugu Keller

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

domingo, 14 de agosto de 2011

Quadrilátero Saudade

A vida longe dela se resume a quatro coisas... Frio, silêncio, escuridão e eu.

Gugu Keller

sábado, 13 de agosto de 2011

Propagandas & Mentira

Já repararam que interessante como todas as propagandas de creme dental dizem que o seu produto é de longe o mais recomendado pelos dentistas, sendo que, quando você a eles pergunta a respeito, todos dizem que é tudo a mesmo coisa?

Gugu Keller

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Coração & Glândulas

O amar é sobretudo glandular. É por alguém suar, salivar, lacrimejar, gozar. Como, sem parar nem me cansar, por ela, eu.

Gugu Keller

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

terça-feira, 9 de agosto de 2011

O Sistema

O Brasil é um cruel parasita dos seus excluídos para o farto sustento dos seus excelências.

Gugu Keller

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

domingo, 7 de agosto de 2011

Triênio

Esses perfeitos peitos teus, aos liqüefeitos olhos meus, são feito doces camafeus, ateus apogeus de deus.

Gugu Keller

sábado, 6 de agosto de 2011

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Dolo Eventual

Tem sido bastante comum, com os gravíssimos acidentes de trânsito que tristemente vemos matar e mutilar pessoas todos os dias em nosso país, ouvirmos algum repórter televiso dizer que o causador da batida, por estar dirigindo embriagado e/ou em altíssima velocidade, será "indiciado por homicídio doloso, quando há intenção de matar". Bem, acho que não é preciso pensar muito para se chegar à conclusão de que isso é uma grande besteira. Afinal, por mais absurda e criminosa que seja a conduta de alguém que dê causa a um acidente de trânsito que acabe em morte, é absolutamente óbvio que, salvo em exceções muito específicas, tanto não acontece com a intenção de matar, até porque muitas vezes é o próprio condutor quem morre ou gravemente se fere, não é verdade?

Então, de tanto ouvir isso nos noticiários, hoje mesmo o ouvi, creio que, para quem não é da área jurídica, vale uma pequena explicação a respeito...

Um crime, conforme a conduta do agente que o comete, pode ser culposo ou doloso.

Será culposo quando o agente lhe der causa por ter agido com negligência, imprudência ou imperícia.

E será doloso em duas situações... A primeira, o chamado dolo direto, quando há a intenção de causar aquele resultado, e, a segunda, o dolo eventual, quando o agente assume o risco de o produzir.

Assim, têm entendido nossas autoridades que quem dirige embriagado, ou em alta velocidade, ou participe de "racha" etc, se dá causa a um acidente com alguma vítima faltal, deve, sim, responder por homicídio doloso, mas não porque, como muitos jornalistas equivocadamente vêm dizendo, tenha tido a intenção de matar, o dolo direto, mas por ter assumido esse risco, por ter agido, portanto, com dolo eventual.



That´s it, my friends!

Gugu Keller

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

A Mais Lídima

Se, como diz a célebre frase, "a justiça tarda mas não falha", então tardar não é uma falha? O que pensarão a respeito, por exemplo, os milhares de idosos que têm seus direitos previdenciários negados pelo estado e que, ao buscá-los no judiciário, vêem suas demandas levarem dez, quinze anos, fazendo com que boa parte deles morram antes de obter qualquer resultado?


Gugu Keller

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Os Eus De Todos Nós

Dentro de cada um há muitos antônimos estranha mas perfeitamente compatíveis.

Gugu Keller