quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Resoluções

Determinar um momento futuro para começar algo apenas por tratar-se de uma data "redonda", ou simbólica, ou que de algum modo marque a mudança de um dígito numérico, como é bastante comum fazermos quando está para se iniciar um novo ano, é claramente um mero artifício psicológico que usamos para aplacar a culpa que sentimos pela nossa inércia diante dos nossos próprios sonhos. E normalmente, bem sabemos, não dá certo. A data fica para trás, nós não começamos, ou começamos e logo paramos, e ficamos a esperar uma outra data, como um aniversário, uma mudança de estação ou o que seja. E aí, os anos vão se passando e a coisa tende a tornar-se cíclica. Ou nos damos conta de que a hora é sempre e apenas agora, ou esse vicioso ciclo de auto-engodo e frustrações inevitavelmente nos acompanhará pelo resto de nossos dias.
 
Gugu Keller
 

8 comentários:

  1. Não existem datas, todas são meramente simbólicas para que nelas depositemos a esperança e pseudo-determinação que temos para tentar mudar as coisas que na verdade nunca mudarão se não for agora.

    ResponderExcluir
  2. Incrível! Acredito que se você realmente deseja algo, a hora é o agora e não essas datas que tanto marcamos. É realmente essa inércia diante das vontades que nos impede de ser feliz. E nós faz adiar.
    Adorei, mesmo.
    Abraço, Cyn.
    http://ograndetalvez.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Faço isso constantemente, na verdade é o medo de fazer agora.

    ResponderExcluir
  4. As pessoas querem adiar certas decisões ou mudanças por medo ou por ser difícil pra elas começarem um novo ciclo, quando já está acostumado a algo.

    ResponderExcluir
  5. rs.

    É preciso acreditar , mas acreditar em que ?

    Vamos esperar o Papai Noel trazer presentes e surpresas , ver a família reunida por amor , vamos aguardar um ano de vitórias , ser solidário com o próximo , dar um abraço no vizinho e dizer palavras bonitas que nunca estiveram em sua alma , sim , vamos disfarçar um ano novo que dura apenas 24 horas . Viver é agora !

    ResponderExcluir
  6. Isso é verdade, mas eu não me ligo muito com datas, nunca me lembro do aniversário de ninguém, nem mesmo do meu. kkkk
    Não faço promessas em determinadas datas, nem me importo muito com elas, mas faço parte das cerimônias de final de ano, pois gosto de ter a família reunida e de ganhar presentes... kkkk

    ResponderExcluir
  7. Perfeito Gugu Keller... É realmente assim que acontece rsrsrs... É como se esperássemos sempre um novo dia pra "tentarmos" algo... Muito bem colocado.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir